Caso Bruno: Além de assassino,caloteiro .

Publicado: 14/07/2010 em curiosidades

 

DO PORTAL TERRA.

O ex-goleiro do Flamengo, Bruno Souza, está sendo processado, por quebra de contrato, pela empresa que o patrocinava e fornecia suas luvas, a Poker. No fim de abril, a Justiça determinou bloqueio da conta bancária dele pela segunda vez e, no mês passado, dois de seus veículos foram penhorados: o New Beetle amarelo normalmente usado pelo amigo Luiz Henrique Romão, o Macarrão – que nem possui Carteira Nacional de Habilitação -, e uma moto Kawasaki ZX 900. A dívida do atleta é de R$ 180 mil.

Segundo a Poker, Bruno assinou contrato de exclusividade para o uso das luvas em treinos, jogos e amistosos, mas apareceu em campo usando outra marca. No processo que tramita na 2ª Vara Cível da Comarca de Montenegro, no Rio Grande do Sul, a Justiça determinou o bloqueio da conta bancária do goleiro, onde havia saldo de R$ 88 mil. No dia 30 de abril, porém, a defesa de Bruno conseguiu provar que o dinheiro era parte de seu salário, depositado pelo Flamengo em fevereiro.

Na primeira quebra de contrato, em 2007, a empresa esportiva já havia pedido à Justiça a rescisão do contrato e a execução da multa de R$ 50 mil, além do pagamento do valor atribuído ao material esportivo cedido ao jogador, avaliado em R$ 15.071,40. Bruno foi julgado à revelia e condenado a pagar mais de R$ 96 mil, valor que inclui o pagamento dos honorários em 10% do valor da causa.

À época, em dezembro de 2008, o goleiro e a empresa fizeram acordo, e Bruno novamente se comprometeu a usar o material da Poker por mais dois anos, até 31 de dezembro deste ano. Ele ainda receberia entre R$ 6 mil e R$ 18 mil, por vitórias em campeonatos. A empresa, então, enviou 200 pares de luvas para as partidas de futebol e até as atividades de musculação, mas o atleta, mais uma vez, usou outra marca.

bruno-chega-delegacia-hg-20100708

"Ele alega que o material era impróprio para o fim a que se destina e estava prejudicando o seu desempenho. Por isso, passou a usar luvas mais convenientes. Bruno e a Poker fizeram um acordo em que a empresa também se comprometia a melhorar a qualidade do material. Mas novamente ele julgou que o produto não era adequado. Vamos questionar o valor da multa deste novo contrato, que é nove vezes maior do que o valor dos 200 pares de luvas. O par mais caro custa R$ 99", afirmou Felipe Russowisky, advogado de Bruno.

Como a multa é de R$ 180 mil e os dois veículos somados estão avaliados em R$ 75 mil, a Poker pode pedir reforço de penhora dos bens de Bruno, que figura como fiel depositário do carro e da moto e, por isso, ainda pode usá-los. Segundo a investigação, o New Beetle é um dos seis veículos usados pelos acusados para despistar a polícia no período em que Eliza foi mantida no sítio do jogador.

Dívida de empréstimo perdoada por banco
Quando ainda era goleiro do Atlético-MG, Bruno foi réu em uma outra ação judicial por causa de dívidas financeiras. O problema aconteceu quando o jogador contraiu junto ao Banco BMG um empréstimo no valor de R$ 10.090 para comprar um veículo. Depois de um calote do atleta, a instituição financeira resolveu acioná-lo na Justiça.

O processo começou em junho de 2005, na 32ª Vara Cível de Belo Horizonte. Os advogados do banco entraram com um pedido de busca e apreensão do Chevette comprado por Bruno com o dinheiro do empréstimo. O juiz do caso chegou a deferir o pedido do BMG, e o carro foi retirado das mãos do goleiro para o pagamento da dívida.

Depois de perder o veículo, entretanto, Bruno nem chegou a recorrer da decisão da Justiça. Em 23 de junho de 2006, um ano depois de iniciada a ação, o Banco BMG desistiu da causa e o processo foi extinto.

Como sempre digo amigos,a Merda quando vem,vem de caminhão !!!!

Você acha que se o pilantra não fosse famoso,o banco perdoaria a dívida ?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s