Mumificação

Publicado: 24/03/2009 em arquivo- x, curiosidades

Mumificação é a tecnica aprimorada pelos Egípicios onde se retiravam os órgãos do corpo,juntamente com o cerérebro, para que dificultassem a sua decomposição.
Tinha como objetivo maior preservar o corpo,para recepção do espirito.
Geralmente eram mumificados os ” jet-set” da sociedade local,as piramides (em sua maioria) eram a moradia de reis e nobres locais,que planejavam a sua ultima morada muito antes mesmo da ” hora” chegar.
Para os que ficavam,geralmente empregados,era por obrigação e honra (?) tomarem conta do sepulcro do patrão,sob penas durissimas caso estes tumulos fossem violados.
Conta a lenda que,quem se atrevesse a molestar a tumba, a própria múmia,sim entediado leitor,a própria múmia levantaria e exterminaria aquela corja da face da terra.

Havia varios tipos de mumificação,dentre eles,poderemos citar:

Mumificação Solar do Egito Faraônico

O Faraó morre e o seu corpo é cozido até as carnes se desprenderem dos ossos. Os ossos são pintados de vermelho, enfaixados, fazendo-se uma estocagem na múmia com gesso. Pinta-se o retrato da pessoa na própria múmia. E esta se forma ao mesmo tempo em uma estátua Ka, ou seja, uma estátua que vai abrigar a alma do morto.

Mumificação Osiriana

Este é o processo que mais conhecemos e o que se tornou mais utilizado. Para o Faraó, para a nobreza e pessoas mais ricas, era feita da seguinte forma:

1) o corpo era levado para um local conhecido como ‘ibu’ ou o ‘lugar da purificação’. Lá os embalsamadores lavavam o corpo com essências aromáticas, e com água do Nilo.

pro01

2) O cérebro é tirado pelas narinas, através de um instrumento curvo, mexe-se no cérebro que é uma massa mole, e este se liquefaz. Injeta-se vinho de tâmara, ajudando a dissolver mais o cérebro. Vira-se o morto e o cérebro escorre pelas narinas;

mumia-cerebro

3) É aberta uma incisão no abdômen e todos os órgãos internos, exceto o coração, são retirados, embalsamados e colocados em jarros chamados de canopos. Em seguida, o corpo é enchido com saquinhos de sal (Natrão) e mergulhado em uma espécie de bacia um pouco inclinada com um furo de um lado, para que seus líquidos escorram. Após isso, a múmia é literalmente enterrada por 72 dias. O sal absorve todo o líquido do corpo;

pro02

pro03

4) Após estes 72 dias, o corpo, que está escurecido e ressecado, é retirado. Inchertam-se resinas, aromas, perfumes, bandagem, pó de serra, isto para dar a conformação do corpo. Depois disto, a abertura no abdômem é costurada, e é colocada uma placa mágica, geralmente com o desenho dos Quatro filhos de Hórus e de seu olho;

pro04

5) Começa, então, o processo de enfaixamento com metros e metros de tiras de pano de linho com goma arábica, até fazer a composição que vemos nas múmias. A cada volta , colocam-se amuletos e colares. Assim a múmia está pronta para o enterro, sendo que no caso do Faraó este enterro é acompanhado de um extenso ritual, repleto de encantamentos, realizado por sacerdotes.

Mumificação para pessoas de classe baixa

Davam uma injeção de essências e de vinhos corrosivos através do ânus, colocavam uma espécie de tampão e depois de alguns dias tiravam o que dissolveu. Então eles enfaixam a múmia e devolvem o corpo para os parente.

Ou não eram mumificados, mas enterrados em sepulturas, onde as condições do deserto,quente e seco,mumificavam os corpos naturalmente.

Canopos

Vaso canopo era um recipiente utilizado no Antigo Egito para colocar os órgãos retirados do morto durante o processo de mumificação. A forma destes recipientes variou ao longo da história do Antigo Egipto, bem como os materiais em que estes foram feitos, que incluíram a madeira, a pedra, o barro e o alabastro. Os Egípcios acreditam que a preservação desses órgãos era fundamental para assegurar uma vida no Além.

canopic

Cada um deles representava um Deus,que velava os órgãos da Múmia.São eles:

Imsety

O deus com cabeça de humano velava pelo fígado.

Hapy

O deus com cabeça de babuíno guardava os pulmões.

Duamutef

O deus com cabeça de chacal tomava conta do estomago.

Qebehsenuef

O deus com cabeça de falcão vigiava os intestinos.

A Múmia mais famosa de todos os tempos é a de Tutancamon,mas isso é assunto para outro post.

comentários
  1. Lacerda disse:

    Puts…cada dia melhor por aqui.

    Obrigado pela ” aula ”

    abraços

  2. mary disse:

    Nossa,show de post,um assunto intrigante mesmo

    Parabéns

  3. olivia disse:

    esse blog me salvou!!!!!!!!!!!

    Fazendo trabalho escolar sobre mumificação,sauhsauhsahusahusauhsauhsauhas

  4. Dina disse:

    Muito bonito,interessante e supreendente,oq faziam com eles ;

    bjs *-*

  5. otavio disse:

    Gostei do conteudo do blog,esse post em especial a parte dos jarros sagrados,os canopos ;d

  6. Nossa Dom Fernando, amei sua aula, que aflição da mumificação Osiriana, imagina tirar o cerebro pelo nariz, oumelhor deixa-lo escorrer??? Mas vc está de parabéns…

    Forte abraço

  7. Givaldo disse:

    Gostei muito deste post…
    Estou estudando isto em História e aprendi muito sobre a mumificação…

    PARABÉNS.

  8. willian zidoi disse:

    gostei muito do site gostaria de saber muito mais,bom trabalho

  9. micaela disse:

    eu adorei o site só pelas fotos q são muito intereçante nem um site tem fotos assim do egito antigo esse site é muito tri adorei de ++++++++
    mesmo valeu por vcs terem inventado esse site

    Juliana dos santos
    sp 24/0409

  10. Gostei imenso.É assunto que me interessa profundamente.Lido com a numismatica clássica e também com a arqueologia.Parabéns

  11. Foi e será sempre uma incógnita o que estará para além da morte….Os egipcios morriam convictos que o sistema da “mumificação”e o lote de deuses lhes resolviam o problema.

  12. Li disse:

    Isso é bastante interessante.
    Eu havia dedicado um tempo à estudar sobre mumificação,na livraria Saraiva.
    Ler este post,foi mais uma milha de horizonte para mim.

    Parabéns a quem se dedicou!
    ( :

  13. joao disse:

    mt bom

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s